Uma análise de títulos de músicas

quero aprender violão qual devo comprar


Possivelmente já aconteceu com você. Escutar uma música no radio e após sair por aí, de pessoa em colega, cantando um pedaço - aquele qual leitores recorda, presumivelmente o refrão - de modo a visualizar se descobre o nome da canção.

Isso tornou-se um lugar-comum no País do futebol. Uma daquelas coisas que leitores pensa: “é portanto realmente”. E todos dá muita bola, visto que afinal de contas, todos temos mais o que formar. Não é tão primordial assim sendo. E não é especialmente realmente. O qual vai lhe sobrevir se o leitor não descobrir o nome da canção, nem do cantor, nem do compositor? Nada. Para você. para o cantor, a gravadora, o compositor, não é especialmente bem nesse caso.

Leitores não consegue conhecer o nome da musica. Tentou 1 pouco, não conseguiu. O que o visitante realiza? Meramente abandona o tema e vai cuidar da história. Despido problema.
De modo a quem está vendendo a musica é um defeito, sim. Perdeu uma venda, 1 fã. E ainda por cima te deixou inquieto. Mas, tais como disse no começo, “é assim sendo realmente”. Porém não deveria e não precisa ser assim sendo.

A descaso de músicos brasileiros usando o nome da musica é algum “defeito de fabricação”, livre indecisão.


Brincando para qual é a música



Exercite ouvir uma música americana, por exemplo. Em noventa e nove por cento dos acontecimentos, o título está no refrão, precisamente porquê é cantado e continuamente demasiado bem destacado. Leitores ouve a musica somente uma vez e pimba! Já sabe este título. Marketing musical foi o nome disso.

Imaginar canções não é somente inspiração. A menos que se componha por imaginar, só por distração. Quem compõe para alienar precisa “criar” um produto vendável. Bastante não gostam (estes que tentam correr na contramão) do termo, todavia é este: comercial. Isso mesmo. Musica comercial, feita de acôrdo com aquilo que o público quer comprar.

Creio que em grande número autores pensam assim: “se fizer o nome da musica muito óbvio, vai parecer musica comercial…”. Contudo é justamente isto! Neste caso, o óbvio foi feito bom, não ruim. Ruim é fazer o ouvinte, fã, ficar tentando prognosticar o nome da musica.

De de mais a de mais esse papo de toada comercial é completamente furado. Se a toada foi feito para alienar, sustentar este artista, tem que ser necessariamente comercial. E fim de conversa. Quem faz música “não comercial” não vende. Pode ser “cabeça” o quanto quiser. Não vende. Ou melhor, vende meia dúzia para meia dúzia de “cabeças”.

Algum programa do tipo “Qual foi a canção”, do Silvio Santos, jamais faria espetáculo nos Estados Unidos. Só porque uma vez que os nomes das musicas são - como todavia devem ser - óbvios. “Saltam” aos ouvidos. Silvio - inteligentemente - fez do engano dos outros um sentido para si.

Tomando um aparte… aquilo era muito engraçado: “maestro, com uma nota… qual foi a música? ”… plim (no piano). Com uma nota???? Foi feito brincadeira… De qualquer formato, era preciso dizer o título da toada e aí é que permanece o defeito. O negócio era arduo mesmo. Eu mesmo cheguei a olhar o caboclo escutar 1 bom trecho da toada e… nada.


Se você é - ou quer ser - compositor, adicione este ingrediente essencial às suas músicas. Título, título, título. O nome da música deve estar pelo refrão, em franca prova, de preferência no primeiro ou último verso. Ou em ambos. Outra coisa fundamental é aprender a tocar violão, e assim facilitar a criação de músicas. A forma mais rápida e fácil de aprender é com o melhor curso de violão online Conheça Esse Blog .
.



Em tempo: em nenhum momento, aqui estou desmerecendo a característica de qualquer música, mencionada ou não. Um nome ruim não prejudica a excelência da toada. Apenas a comercialização da mesma.

Existem também, softwares que possibilitam a identificação de músicas. Eles utilizam tecnologia de reconhecimento de audio e comparam com uma base de datos gigantesca, assim devolvem um resultado preciso ao usuario com título da musica, intérprete, album, compositor, data e muitas outras informações para auxiliar ao usuario identificar a música.

Esses programas são bem simples por utilizar e podem vir a ser baixados para qualquer dispositivo eletronico compativel. Este deve ter uma habilidade do processamento mínima e um microfone. Uma grande parte destes programas são gratuitos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *